MENSAGEM DA PRESIDENTE – ANO ROTÁRIO 2016-2017

Neste Ano Rotário o lema é Rotary a Serviço da Humanidade, proposto pelo Presidente do Rotary International John F. Germ, quando lembrou as palavras do fundador Paul Harris, que acreditava que “servir a humanidade é a coisa mais interessante que uma pessoa pode fazer”. 

Servir não é difícil. Basta ser generoso e querer trazer benefício a outros. Acredito, ou melhor, nós do Rotary acreditamos que cada indivíduo deve buscar servir à humanidade de acordo com seus talentos e capacidades. Mulheres e homens, jovens e adultos, pessoas da área rural ou das cidades, de todas as raças, religiões, classes sociais – todos nós somos responsáveis pela melhoria da sociedade em que vivemos, por meio de ações e por meio de conduta louvável e digna.

Servir ao Rotary, disse John Germ, é uma oportunidade de vida para mudar o mundo para melhor, para sempre, através do serviço do ROTARY PARA A HUMANIDADE”.

Márcia Cesarini – Presidente do Rotary BH – Ano rotariano 2016-17

Compartilhar voluntariamente, usar voluntariamente a própria existência, leva a sociedade a trabalhar pelo bem estar e pela paz. Ilumina o mundo; confere honra à humanidade.

Isto, na verdade, não é novidade.

A preocupação de SERVIR perpassa a humanidade desde sempre. Quando saímos de nosso universo individual, fica fácil ouvir a voz que ecoa em todas as épocas, pois as Religiões e as Filosofias, de agora e de antanho, já ensinaram que o homem chega à perfeição por meio de boas obras, executadas voluntariamente… Compartilhar voluntariamente, usar voluntariamente a própria existência, leva a sociedade a trabalhar pelo bem estar e pela paz. Ilumina o mundo; confere honra à humanidade.

Os membros do Rotary, ao redor do Globo, sabem disso: estão servindo a humanidade das mais variadas formas: fornecendo água limpa para comunidades subdesenvolvidas, promovendo a  paz em áreas de conflito, sejam elas quais forem,  e fortalecendo as comunidades através da educação básica e da alfabetização. As pessoas que querem fazer o bem vão ver que o Rotary é um lugar onde elas podem mudar o mundo. Todo Rotary Club deve estar pronto para dar-lhes essa oportunidade, pois “Precisamos de mãos dispostas, compaixão e mentes brilhantes para irmos muito mais além no nosso trabalho”. Modestamente, espero executar a incumbência que me foi dada,cujo começo ora se faz  e que se prolongará pelo ano rotário 2016/2017. E que eu seja capaz e possa traduzir e realizar fielmente, sempre apoiada e orientada pelos meus pares e companheiros de Clube e de Rotary, na sua dimensão ampla,  as aspirações de nosso líder maior, John Germ, que quer ver, cada vez mais,  o ROTARY A SERVIÇO DA HUMANIDADE.

 

Eu, Márcia Megda Cesarini, ORGULHOSA ROTARIANA, agradeço.